Tendências na gestão de estacionamentos para 2019

Para sair na frente em 2019, fique por dentro de todas as novidades e evoluções que serão realidade na gestão de estacionamentos.

O texto abordará os caminhos mais promissores e eficientes que vêm sendo investidos no mercado e prometem ser grandes diferenciais independente do tamanho do seu negócio. Através da análise dos múltiplos contextos do cenário automotivo e seus modelos de gestão.

O conceito-chave de todo esse contexto de tendências de desenvolvimento que não deve ser deixada de lado em 2019 é a TECNOLOGIA. Segundo dados apresentados pela Conferência Gartner, em 2015 já eram gastos quase 600 bilhões de dólares  em tecnologia da informação, infraestrutura e operações. Neste contexto, muitos estacionamentos vêm investindo em tecnologia, mudando e adaptando seus sistemas e processos para adquirirem mais flexibilidade na gestão e operação, além de buscarem automatizações que permitam menos tarefas manuais e menos chances a erros humanos.

A partir disso, resumimos neste artigo 4 tendências na  gestão de estacionamentos para o ano de 2019 decorrentes das inovações tecnológicas. São evoluções, métodos e até ferramentas que visam o aumento da eficiência do empreendimento, com a possibilidade de redução de custos e de um posicionamento diferenciado no mercado perante a concorrência.

1 – Gestão remota

Com a possibilidade de armazenamento das informações em nuvem (cloud computing), agora é possível  acessar todas as informações gerenciais e operacionais do seu estacionamento da onde estiver, apenas com um navegador e conexão de internet. Os sistemas de gestão com armazenamento em nuvem tem custos reduzidos e maior eficiência de controle. Além disso, toda a base de dados do estacionamento fica situada na internet e é atualizada em tempo real. Tal flexibilização de acesso às informações torna a gestão remota um diferencial e uma grande tendência para o ano de 2019.

2- Gestão integrada

Com o crescimento das integrações entre os sistemas de gestão, com o intuito de evoluir a infraestrutura organizacional e se adaptar às demandas do mercado, permitiu-se uma infinidade de possibilidades aos estacionamentos. Pode-se por exemplo integrar um sistema de gestão na nuvem com um sistema operacional e ter alinhadas as informações em tempo real de qualquer lugar.

Além de poder incorporar um sistema de cancela a esse próprio sistema operacional e fazer a gestão integrada na nuvem com o uso de cancelas. Outro exemplo são sistemas de gestão integrados a sistemas estaduais de RPS, que permitem a geração de RPS de forma automatizada, por meio da interação entre esses dois sistemas.


A gestão centralizada e integrada permite cada vez menos desgastes em gerir diferentes processos em diferentes plataformas, além de garantir eficiência. Por isso, são uma tendência para 2019 sistemas como o  Jump Park. Ele controla o fluxo de veículos por um aplicativo, gere esta operação remotamente, se integra a cancelas e ainda gera RPS no sistema administrativo. Estas são só algumas das possibilidades de um sistema integrado. Aposte nesta ideia!

3 – Múltiplas formas de pagamento

Não é de hoje que percebemos uma crescente no uso de formas alternativas de pagamento ao dinheiro. Muitos indivíduos preferem utilizar cartões de crédito ou débito, dado a praticidade e a diminuição de riscos. Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (ABECS), os pagamentos com cartões de débito e de crédito entre janeiro e junho somaram R$ 720 bilhões, um aumento de 13,6% ante mesma etapa do ano passado.

Com isso, percebemos uma necessidade aos estacionamentos em se adaptarem a esta realidade. Equipamentos e processos que permitam múltiplas formas de pagamento, definitivamente é uma tendência para o ano de 2019.

4- O uso de smartphone na operação

A ascensão da tecnologia móvel traz a possibilidade de uma gestão mais versátil, dinâmica e eficiente. Com o smartphone, a operação pode ocorrer simultaneamente por diversos operadores, os custos de manutenção são inferiores e os postos de trabalho se tornam flexíveis, já que se pode carregar o sistema na palma da mão.

Estes são alguns dos benefícios da mobilidade operacional, mas você pode ter uma visão mais completa sobre o que representa o uso do smartphone na operação lendo nosso texto sobre o tema clicando aqui. Dada as facilidades e os ganhos do celular na gestão e operação de estacionamentos, com certeza esse formato  é uma tendência para o gerenciamento de estacionamentos em 2019.

Agora que você já sabe os tópicos mais importantes que serão explorado em 2019 pelos estacionamentos, não deixe de inovar e transformar sua gestão em um grande diferencial. Confira a solução Jump Park e comece agora!

17 de janeiro de 2019 - por Jump tecnologia